Hematomismo hermético

Para julgar a sujeira é preciso estar limpo, mas a limpeza só é possível
Porque a miséria é o que sustenta toda a fragilidade do corruptível.
E, de modo geral, tudo se passa, para as pessoas… no modo em que vêem
As imagens do mundo… num egoísmo que delas sobrevêm.

Explodem sentimentos, delineados por uma racionalidade prática
Configurada em formas ignóbeis, num olvido que precede a proposição
Através de ideais fundados na impropriedade geral, uma dissolução
Da singularização… a posição no mundo implode essa miséria ética.

Mas volto a mim, mesmo sem ter saído, mas como expectador
De mim mesmo, numa memória que antecipa um ser já caído
Volto sempre na medida em que vou… brado essa dor com ardor.

Não há insistência para os corpos que negam a alma, para almas que rejeitam
O corpo… no hermetismo me camuflo, mas sem a metafísica da ciência.
Amor é não substantivo, ódio não é adjetivo… Se olhem e vejam a face que rejeitam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s